AfroSaúde lança o TeleCorona da Periferia no combate ao Coronavírus

O projeto TeleCorona da Periferia oferece orientação em saúde com profissionais em diversas atuações e pretende reduzir superlotação nos serviços de saúde

Para minimizar os efeitos do Coronavírus nas periferias de Salvador, a AfroSaúde, health tech de impacto social focada na saúde da população negra, lançou, nesta quinta-feira (14), o TeleCorona da Periferia, uma rede de apoio com profissionais de saúde para atender gratuitamente, por telefone e internet, a população que vive em território periférico da capital baiana. O serviço está atendendo pelo número 0800 042 0503 e site www.afrosaude.com.br/coronavirus.

Com médicos, psicólogos, farmacêuticos, nutricionistas, enfermeiros, fisioterapeutas e assistentes sociais aptos a lidar com as situações de saúde da comunidade periférica diante da atual pandemia causada pela COVID-19, a rede de apoio vai possibilitar orientação multiprofissional em saúde, bem como garantir o acesso à informação de forma clara e acessível para reduzir a superlotação nos serviços de saúde.

Na primeira etapa do projeto, a rede pretende atender a mais de 250 mil pessoas que vivem, prioritariamente, no Subúrbio Ferroviário, complexo do Nordeste de Amaralina e Cajazeiras e adjacências, regiões que concentram grande parte da população de Salvador e, atualmente, tem crescido o número de casos. A intenção da AfroSaúde é ampliar o serviço para outras capitais do Brasil.

Parcerias

Para viabilizar o projeto, a AfroSaúde, que foi acelerada pela Vale do Dendê no ciclo 2019, promoveu uma campanha de financiamento coletivo por meio do Matchfunding Enfrente e Fundação Tide Setúbal, na plataforma Benfeitoria. A startup também firmou parceria com empresas como a Digitalk, que oferecerá o serviço de comunicação via chat, videoconferência e integração da central telefônica para que os atendimentos sejam sistematizados.

O projeto conta também com os veículos de comunicação das comunidades de Salvador, a exemplo do CPX (@complexodonordeste), que atua no complexo do Nordeste de Amaralina.

Levantamento de dados

Além da oferta do serviço multiprofissional em saúde, o TeleCorona da Periferia vai permitir o levantamento de dados sobre a COVID-19 nas periferias de Salvador, como índice de casos suspeitos e as principais demandas da população sobre o Coronavírus.

O mapeamento servirá para contribuir com a tomada de decisão em saúde nas periferias, bem como para a percepção das reais necessidades da população periférica de Salvador em relação à pandemia.

Sobre a AfroSaúde

A AfroSaúde é uma health tech focada em desenvolver soluções que facilitem o acesso da comunidade negra aos profissionais e serviços em saúde.

Pensando no problema do racismo estrutural, busca dar visibilidade ao profissional de saúde negro e conectá-los a pacientes que buscam representatividade e atendimento mais qualificado em diversas atuações da área.

AfroSaúde lança o TeleCorona da Periferia no combate ao Coronavírus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *